Figuras Rítmicas e Duração das Notas

figura rítmicas

Todo músico se depara com as figuras rítmicas e acham logo que é algo muito complexo, mas muitos não sabem o que elas representam. Na verdade é algo bem fácil, extremamente útil e essencial para interpretar uma música na partitura. Por isso, hoje iremos falar sobre um dos componentes que está presente na partitura relacionado ao ritmo: Figuras rítmicas e duração das notas. Confira!

Na música existem notas longas e notas curtas que são organizadas de acordo com a sua duração no tempo, que é o que chamamos de ritmo. Mas como vamos escrever o ritmo na pauta musical? Por meio das figuras rítmicas. Portanto, continue lendo para entender melhor.

 

Figura Rítmica: O que é?

As figuras rítmicas ou figuras musicais são símbolos convencionados utilizados para indicar os tempos de uma música e foram criadas devido à necessidade de representar as diversas durações dos sons musicais e o silêncio dentro de uma composição.

Cada figura musical pode ter até três partes: cabeça, haste e colchete. Veja na figura abaixo:

 

Como Ler Partitura

  •  Cabeça: Pode ser de forma oval aberta (branca) ou fechada (preta). Em sua forma mais básica, ela indica ao músico qual nota tocar no instrumento.

  • Haste: Fina linha vertical que está presa à cabeça da nota. Quando a haste está apontada para baixo, ela se une à cabeça da nota em seu lado esquerdo e quando está apontada para cima, ela se une a cabeça da nota em seu lado direito.

  • Colchete:Linha curva anexada à extremidade da haste. Independente do fato de a haste estar presa ao lado direito ou ao esquerdo da cabeça da nota, o colchete estará sempre colocado à direita da haste e jamais à sua esquerda.

Juntamente, a cabeça, a haste e o(s) colchete(s) indicam ao músico o valor de tempo para qualquer nota, medido em batidas ou frações de batida.

Mas, quanto tempo cada nota vale? Como saber qual tocar mais rápido ou mais devagar? Descubra abaixo!

Duração das Notas e Suas Figuras

Nem todas as notas tem a mesma duração, por isso as notas são escritas de maneiras diferentes. Cada figura musical possui sua característica diferenciada e uma função específica dentro da partitura.

Assim, as figuras rítmicas representam uma duração, ou seja, cada figura representa uma nota musical e o tempo da duração do som e do silêncio.

Mas fique atento! Não há valores fixos para as figuras, somente as proporções entre elas! Portanto, é importante conhecer a relação entre os valores das figuras.

 

figuras ritmicas

Conforme podemos observar, cada figura dura o dobro do tempo da figura seguinte e metade do tempo da anterior.

Dessa forma, a Mínima dura metade do tempo da Semibreve. A Semínima, por sua vez, dura metade do tempo da Mínima e assim por diante.

No mesmo raciocínio, a Semibreve dura o dobro da Mínima. A Mínima dura o dobro da Semínima, ou seja, ela soa pelo dobro do tempo que soaria uma Semínima, e assim por diante.

 Figuras de Som e Pausa

Cada figura de som tem a sua respectiva figura de pausa que corresponde ao tempo de duração. Os nomes e valores das figuras de pausas são os mesmos das figuras de notas, somente os desenhos são diferentes. Veja abaixo:

 

Figuras musicais

As pausas indicam a duração de silêncio entre os sons e é tão importante e significativa quanto à figura do som na construção musical.

Antigamente era utilizado mais três figuras que aos poucos foram deixando de serem usadas até desaparecerem completamente da escrita musical, são elas: máxima, longa e breve. Essas figuras só aparecem em partituras antigas, pois hoje não são mais usuais.

 

Veja também  “TECNOLOGIA NO MUNDO DA MÚSICA: O QUE MUDOU?”.

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *