Técnicas Mais Utilizadas no Violão

TÉCNICAS PARA VIOLÃO

Se você gosta de rock, sertanejo, funk, reggae, country, blues, MPB… não importa o seu estilo de música, pois em todos os estilos para tocar no violão é preciso ter técnica. Por isso, hoje separamos 10 técnicas mais utilizadas no violão em todos os gêneros musicais para te ajudar a evoluir como violonista. Confira!

Independente do estilo musical que você mais gosta, para aprender a tocar violão é preciso conhecer a bases do instrumento, como manejar a palheta, posicionar os dedos no braço para fazer os acordes, afinação, etc. Cada estilo tem suas próprias técnicas e se você quiser progredir no violão é preciso aprendê-las. A técnica sempre será essencial para tocar violão.

Vejas as técnicas listadas abaixo que irão te ajudar a dominar melhor o seu instrumento e te dar mais confiança para tocar as músicas que gosta.

Técnicas Mais Utilizadas no Violão

1-Pestana com o Dedo Indicador

As pestanas são o terror dos iniciantes, mas é uma técnica muito importante que consiste em pressionar várias cordas no braço do violão com apenas um dedo para obter a sonoridade desejada.

As pestanas não são necessariamente feitas até a sexta corda, por isso, sempre tenha o cuidado de tocar as cordas que fazem parte da formação dos acordes.

Pode-se usar qualquer dedo para fazer uma pestana, porém é aconselhável que os iniciantes comecem pelo dedo indicador para aprender a apertar as cordas corretamente.

2-Técnica de Dedilhado

Nesta técnica é tocado cada corda do violão com um dedo específico, portanto é necessário aprender o posicionamento correto do polegar nas cordas mais graves e dos demais dedos para tocar as cordas mais agudas.

O segredo para dedilhar bem no violão é desenvolver independência dos movimentos entre o polegar e os demais dedos da mão direita (destros) do corpo do instrumento.

O dedilhado permite uma infinidade de sutilezas e variações, mas para você que está iniciando treine primeiramente as formas básicas, em que o polegar toca as cordas graves.

3-Palhetada Alternada

Esta é uma técnica que muitos acham fácil, mas que engana muita gente, pois consiste em segurar a palheta e tocar em ambos os sentidos alternadamente, ou seja, palhetar uma corda para baixo e outra palhetada na corda para cima, executando assim uma batida de violão ou solo.

É preciso sincronia entre as duas mãos. Elas precisam trabalhar em conjunto! Treine lentamente inicialmente, para alcançar precisão.

4 -Técnica de Harmônico

Os harmônicos são uma técnica que chama a atenção de todos os que apreciam os solos do violão e podem ser naturais ou artificiais. Veja abaixo:

  • Harmônico Natural

Consiste em tocar qualquer corda solta e em seguida posicionar levemente o dedo indicador da mão direita sobre um determinado traste do violão, sem pressionar a corda.

  • Harmônico Artificial

É necessário palhetar a corda e imediatamente depois colocar a borda do dedo polegar da mesma mão sobre a posição desejada. Pode ser feito em qualquer corda e em qualquer casa do braço do violão.

5-Técnica de Bend

Bend é uma técnica muito utilizada em solos, no qual você levanta ou abaixa a corda do instrumento para chegar à outra nota. Quando curvamos a corda, a nota que era tocada tem sua afinação mudada, elevada a uma nota mais aguda.

6-Técnica de Vibrato

Vibrato é o efeito onde o tom da nota é variado rapidamente, então ele aumenta e cai repetidamente. Pode ser usado para destacar ou alterar a sonoridade de uma nota, dando maior interesse à interpretação.

7-Técnica de Hammer-on

 Toca uma nota e enquanto o som está saindo, coloca um dedo da mão  eu faz o ritmo na casa mais aguda daquela mesma corda, provocando uma espécie de martelada na corda.

8-Técnica de Pull-off

Coloca-se dois dedos na mesma corda em casas diferentes e um dos dedos irá beliscar a corda para provocar a sonoridade desejada.

9-Técnica de Abafamento

A técnica de abafamento consiste em utilizar a parte lateral da mão para abafar as cordas e pode ser feito tanto com a mão direita como com a mão direita. Veja sobre cada uma abaixo:

  • Abafamento com a Mão Direita

Esta técnica é realizada encostando a mão que faz o ritmo nas cordas do violão próxima à região do cavalete, assim ao tocar as cordas abafadas você terá um som diferente, com um timbre mais grave e com menor duração.

  • Abafamento com a Mão Esquerda

É feito aliviando a pressão dos dedos da mão que faz os acordes em determinada corda em qualquer casa do braço do violão, ou seja, apenas encostando na corda sem pressioná-la. Ao fazer isso irá produzir um abafamento temporário do som.

A mão esquerda pode ser usada também para abafar determinadas notas que não combinam com o acorde que está sendo tocado.

10- Técnicas de Ligado ou Ligadura

A técnica de ligado ou ligadura consiste em tocar uma determinada corda em qualquer casa do braço do violão e logo em seguida já pressionar outra corda em outra casa, sem tocar a corda novamente.

O ligado ou ligadura transmite a sensação de um som continuo, tocando as notas como se fosse uma só. É uma técnica muito utilizada em arranjos e solos que demostram o que deve acontecer com as notas musicais dentro de um compasso.

Melhorar sua técnica para o violão é criar automatismos, reflexos. Sabendo algumas técnicas de cor, você ficará mais focado nos detalhes que farão toda a diferença.

Para desenvolver sua técnica no violão, não importa qual técnica, você tem que estar à vontade na hora de tocar.

Ache uma cadeira confortável em que você poderá ter a postura certa para tocar violão ou guitarra corretamente.

 

Veja também “COMPOSIÇÃO, RELEITURA, VERSÃO E COVER: QUAL A DIFERENÇA?”.

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *