Qual a Diferença entre Estribilho e Refrão?

O QUE É ESTRIBILHO E REFRÃO

Às vezes quando lemos uma cifra, na maioria das vezes, aparece em alguma parte da letra escrito Estribilho ou às vezes vem escrito Refrão. Nossa imaginação nos leva a crer que estribilho e refrão é a mesma coisa e não conseguimos entender a diferença entre os dois. Por isso, hoje vamos esclarecer a diferença entre estribilho e refrão. Confira!

O estribilho e o refrão são muito parecidos e por isso muitas vezes são designados como sendo a mesma coisa. Mas existe uma sutil diferença entre os dois e que muitas vezes podem se diferenciar a critério do compositor. Parece confuso? Então veja abaixo o que é cada um.

Veja abaixo um vídeo do Curso de Viola Caipira, mas que serve para violão também,  explicando sobre Estribilho e Refrão.

 

O que é Refrão?

Refrão faz referência a “quebra, pausa”, sendo a uma pequena parte de uma música que se repete dentro da canção de modo marcante, posicionando uma ideia ou reforçando um tema, em que na maioria das vezes é o “coração” da canção ou parte principal.

Nem todas as músicas possuem refrão, pois não é uma parte indispensável em uma música, mas quando tem, muitas vezes, o refrão se repete e passa a ideia principal que uma música possui em sua letra. Na maioria das músicas o refrão reflete o que o título da canção quer dizer, adicionando emoção.

O que é Estribilho?

O estribilho caracteriza-se como um trecho da música que se repete, mas não é configurado como refrão, no final de cada verso ou estrofes, com palavras, frases ou expressões como um bordão, repetindo-se continuamente ao longo da música.

Assim como o refrão, nem todas as músicas possuem estribilho, por não ser uma parte indispensável em uma música.

Qual a Diferença entre Estribilho e Refrão?

A principal diferença entre estribilho e refrão é que o estribilho repete-se sempre, enquanto o refrão é mais uma amostra do potencial de uma canção. Normalmente o refrão é mais curto e menos repetitivo que o estribilho.

Às vezes as diferenças entre refrão e estribilho não são tão óbvias, por serem muito parecidos, podendo se diferenciar a gosto do compositor, se será refrão ou estribilho. Contudo, procure analisar quando ouvir as músicas, pois com a pratica ficará mais fácil identificar a função e o contexto.

Apesar disso, ambos podem servir de base harmônica, onde o ritmo é bem marcado e permeia toda a harmonia da música e, sobretudo como reforço semântico.

 

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e Compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *